Utilizamos cookies para melhorar a experiência de navegação. Ao utilizar o website está a consentir o seu uso

Projeto “Literacias na escola: formar os parceiros da biblioteca” no âmbito do “Ambientes Inovadores em Educação”

Em 2018 o projeto "Literacias na escola: formar os parceiros da biblioteca" torna-se parceiro na implementação, nas escolas públicas do concelho de Cantanhede, do “Ambientes Inovadores em Educação” (CIM, Região Centro e Câmara Municipal de Cantanhede).

Atendendo à sua experiência no terreno, e tendo em conta o novo contexto educativo decorrente da implementação do “Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória” e do processo de autonomia e flexibilidade curricular, os professores bibliotecários foram chamados a dinamizar, nos respetivos agrupamentos de escola, o projeto “Ambientes Inovadores em Educação”.

Começando com uma análise de maturidade digital das organizações e de um diagnóstico de competências digitais dos professores e educadores, com o desenvolvimento do Projeto pretende-se:

  • promover a integração das TIC no processo de ensino e aprendizagem, enquanto instrumentos de trabalho úteis para desenvolver metodologias ativas, centradas no aluno como aprendente significativo, produtor e aplicador, individual e colaborativo, de conteúdos reveladores da aquisição de conhecimentos, capacidades, atitudes e valores, incluindo o aluno com medidas seletivas e adicionais;
  • facilitar a integração da avaliação formativa no ensino e aprendizagem, potenciando os seus efeitos na melhoria dos processos;
  • desenvolver competências digitais nos educadores e docentes, aliadas ao desenvolvimento profissional, com vista à implementação de metodologias ativas adequadas aos contextos didáticos das suas áreas de especialidade e às exigências de flexibilização e integração curricular.

 


 

Projeto “Literacias na escola: formar os parceiros da biblioteca”

Desenvolvido desde 2012 pelos professores bibliotecários dos três agrupamentos de escolas públicas do concelho de Cantanhede, o projeto Literacias na escola: formar os parceiros da biblioteca consiste na planificação e implementação de um programa sistémico e de longo prazo, de desenvolvimento de competências em literacias da informação e digital. 

O Projeto assumiu o princípio de que o sucesso deste empreendimento passa pela:

  • formação dos educadores e professores, os parceiros do professor bibliotecário em sala de aula;
  • institucionalização, em todos os estabelecimentos de ensino, de políticas de escola no que respeita à aplicação e ao ensino de competências em literacia da informação e literacia digital;
  • construção e aplicação de um referencial de formação dos alunos, e respetivos materiais de suporte, que, tendo em conta os referencias técnicos da Rede de Bibliotecas Escolares e o Referencial de Competências da União Europeia para o Cidadão do Século XXI, permitam a realização de um percurso de formação consistente, sem repetições, gradualmente mais amplo e capaz de assimilar as inovações tecnológicas.

 

Implementação de 2012 a 2017

Terceira fase | 2016

Formação creditada para educadores e professores para permitir a introdução de dispositivos móveis em sala de aula e respetiva fundamentação pedagógica.

Pilotagem do uso de dispositivos móveis para o desenvolvimento de sequências de aprendizagem.

Consolidação de o “Aprendiz de Investigador”.

 

Segunda fase | 2015

Formação educadores e professores em modalidades de formação diversificadas, tais como cursos creditados, workshop e webinars.

Desenvolvimento de o “Aprendiz de Investigador”.

 

Primeira fase | 2013

Formação creditada de educadores e professores.

Produção de recursos em literacia da informação.